tentativa de tradução #2: Les rêveries du promeneur solitaire – Rousseau

Texto indispensável e que me aproxima muito do Thoreau e seu ‘Walden’. A tentativa de hoje é muito mais uma forma de tentar me aprofundar um pouco no texto (do sentido e da forma), do que qualquer outra coisa. Primeira obsevação, esse artigo será escrito e reescrito, uma vez que pretendo fazer a coisa funcionar parágrafo por parágrafo.

E aqui estou, sozinho no mundo, não tenho mais irmão, amigo, conhecido ou qualquer outra relação além de mim mesmo. O mais sociável e o mais atraente dos homens foi proscrito da sociedade por consenso. Procuraram nos requintes do seu ódio, qual poderia ser o tormento mais cruel a sua alma sensível e romperam violentamente todos os laços que me ligavam a eles. Eu teria gostado dos homens, apesar deles próprios. Sem deixar de ser, eles só puderam fugir de minha afeição. E ali estão, estranhos, desconhecidos, insignificantes para mim, porque assim o quiseram. Mas eu, descolado de mim mesmo e de todo o resto, o que eu sou, o eu mesmo? E é isso que me falta buscar. Infelizmente, esta busca deve ser precedida por uma breve análise da minha posição.  É absolutamente necessário que eu passe por esta idéia para chegar a mim mesmo.

A frase “Ils n’ont pu qu’en cessant de l’être se dérober à mon affection” ainda me intriga. Trocarei impressões com alguns colegas e, posteriormente, acrescentarei alterações. E, inacreditavelmente, o meu maior problema é a minha língua materna. (Como percebi no desenvolvimento de alguns textos aqui, alguma coisa está muito estranha em relação a organização das minhas frases…)

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

E aí? O que você tem para falar sobre isso tudo?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s